Ouro Negro discutido em Simpósios Internacionais

Que contribuição para os direitos das crianças em Moçambique?

Nos meses de Agosto e Setembro de 2018, a contribuição de Ouro Negro para a mudança social e a promoção dos direitos das crianças foi discutida em dois Simpósios Internacionais, no Brasil e em Moçambique.

No IV Simpósio Luso-Brasileiro de Estudos da Criança “Por uma luta sem fronteiras para os direitos das crianças”, que teve lugar de 22 a 24 de Agosto na Pontifícia Universidade Católica de Goiás e na Universidade Federal de Góias, em Goiânia (Brasil), foi apresentada a comunicação “A radionovela Ouro Negro e a promoção dos direitos de crianças e adolescentes em Moçambique”. Com base nos resultados de uma pesquisa exploratória realizadas através de entrevistas telefónicas, as experiências e as opiniões das ouvintes de Nampula relativas à escuta da radionovela Ouro Negro foram analisadas.

O Simpósio Internacional “Construindo Pontes entre as Ciências Sociais”, realizado nos dias 5 e 6 de Setembro na Universidade Eduardo Mondlane, em Maputo (Moçambique) juntou investigadores de universidades moçambicanas, alemãs e brasileiras para partilhar os resultados das suas pesquisa e debater questões teóricas e metodológicas. No âmbito da sessão sobre “Comunicação Social e Multimédia”, a comunicação “Jovens, rádio e mudança social” discutiu o papel de Ouro Negro no questionamento das normas de género em Moçambique a partir da análise de dois casos: uma ouvinte da radionovela de Memba, em Nampula e um convidado do programa Ouro Negro ao Vivo de Inhambane.

Para mais informações acerca das pesquisas sobre o impacto de Ouro Negro, consulte https://ouronegro.org.mz/impacto/.

 

 

 

 

Últimos Episódios

Assine o Podcast

Categorias